Renda Passiva – Como ter, O que é? 4 Ótimas Fontes!!

Se você deseja obter liberdade financeira, mas não é milionário, nem estrela de Hollywood ou jogador de futebol de classe mundial, precisa começar a gerar renda passiva.

Observe que a maioria das pessoas recebe apenas renda ativa. Infelizmente, há muitos mitos em relação à renda passiva, mas existe sim, com algum esforço no inicio meios de criar uma renda passiva.

O que é renda passiva?

Renda passiva é aquela que é gerada automaticamente, sem implicar um investimento adicional em tempo ou dinheiro.

Depois de iniciar, ela continua a fornecer dinheiro sem precisar dedicar mais recursos a ela. Dessa forma, você ganha renda fazendo outras coisas, seja no trabalho, viajando ou até dormindo.

Tipos de renda

renda passiva

Conhecer os três tipos de renda existentes permitirá avaliar as vantagens do passivo.

Renda de tempo: são aquelas em que você troca seu tempo por dinheiro. A maioria das pessoas tem empregos desse tipo, onde recebem um salário de X dinheiro por mês. O problema é que isso reduz bastante sua capacidade de gerar renda, já que você é limitado pelo tempo que tem.

Renda por resultado: eles não dependem diretamente do tempo gasto, mas dos resultados alcançados. Muitos empregos comerciais ou autônomos são assim, se você tem uma loja de sapatos, ganha mais dinheiro com base no número de sapatos que vende, independentemente do tempo que levou para fazer isso.

Renda passiva: dependem dos resultados, mas não exigem que você dedique mais tempo ou esforço para continuar gerando dinheiro. Eles fazem isso no piloto automático.

Dentro da renda passiva, existem dois tipos. Alguns inacessíveis para a maioria dos mortais, e outros que você pode obter com algum esforço:

Os primeiros são aqueles em que seu próprio dinheiro gera dinheiro para você. Pense nos juros de uma conta bancária ou nos dividendos das ações. No entanto tem um problema, você precisa ter um bom capital inicial para que a renda seja significativa.

O segundo não depende do dinheiro que você possui. Eles são o que você obtém após criar um produto ou serviço que dura ao longo do tempo e se torna uma fonte automática de renda.

Um bom exemplo disso seria escrever um livro: uma vez publicado, você não precisa fazer nada além de esperar que as pessoas comprem.

A Internet abriu um novo mundo de possibilidades de renda passiva. Ao contrário do que aconteceu há alguns anos, hoje você pode obter renda passiva com quase nenhum investimento ou conhecimento de informática.

Como você verá abaixo, existem tantas formas de monetização que, com um computador e uma conexão com a Internet, é possível criar várias fontes de renda passiva a qualquer momento e lugar. Você não precisa de mais nada.

As melhores fórmulas para gerar renda passiva

A renda passiva é a melhor opção se você deseja ganhar dinheiro extra, receber um salário automático que permita você deixar o emprego ou garantir uma boa aposentadoria.

Marketing de afiliados

renda passiva

Com o marketing de afiliados, as empresas pagam por cada venda referida através de um site seu.

A estratégia mais comum é criar um site no qual você publique análises e recomendações de um tipo de produto. Para cada cliente que você enviar através de seus links, o vendedor lhe dá uma comissão.

O processo é o seguinte:

Inscreva-se em programas afiliados. Existem muitas plataformas de afiliados.

Crie a página da web. Com o tutorial, você pode fazer isso em menos de 15 minutos.

Escreva as análises e comparativos. Você pode pagar alguém para fazer isso, mas é melhor que você escreva primeiro para expandir seu conhecimento.

Posicione seu site nos mecanismos de pesquisa. Será mais ou menos difícil, dependendo da competição que você tem. Se estiver a concorrência estiver alta, você precisará investir tempo e dinheiro para tornar seu site mais visível.

Um exemplo seria criar um site de cafeteira onde você publicaria sua análise, com um link para sua página na Amazon para leitores que gostariam de comprar uma.

Quando as pessoas pesquisarem opiniões ou comparações de cafeteiras no Google, elas encontraram seu site, leram seu artigo e clicam no link de afiliado. Quando ela comprar a cafeteira, a Amazon fornece uma porcentagem da venda.

É um sistema muito passivo porque, uma vez que sua análise recebe visitantes, seu site começa a gerar dinheiro 24 horas por dia.

Venda cursos ou serviços passivos em um blog

Além do potencial econômico, ele ajuda você a se realizar pessoalmente e profissionalmente. A ideia é criar um blog no qual você escreva conteúdo sobre um tema que você goste e domine (produtividade, inteligência emocional, viagens, sedução etc.), posicione-se como especialista, crie um produto passivo e venda.

Um produto passivo pode ser um curso em PDF, um curso em vídeo com as aulas gravadas, um livro ou uma área exclusiva de blog para assinantes, ou seja, qualquer coisa que você possa criar uma vez e esquecer, e custa o mesmo para vender de cem a duzentos.

Pode parecer difícil se posicionar como uma autoridade em um assunto, mas está provado que não é assim. O segredo é especialização extrema para um público-alvo muito específico. Isso reduz o número de concorrentes diretos.

Por exemplo, você pode criar um blog sobre técnicas de estudo em português para pessoas que moram no exterior ou um blog de inteligência emocional para noivos. Qualquer pessoa pode criar um blog com seu conhecimento.

O processo de vendas pode ser totalmente automatizado, tem grande potencial de renda e satisfação pessoal e profissional.

Publique e-books

renda passiva

Com a aparência do formato eletrônico, publicar um livro não é mais uma utopia. Você pode ter mais sorte se uma editora ficar interessada no seu trabalho, imprimir e distribuir, ou também pode publicar como um e-book em muitas plataformas online, como a Amazon.

Além disso, a menos que o conteúdo seja desatualizado rapidamente, uma vez publicado, ele se torna uma renda totalmente passiva que continuará a fornecer benefícios por um longo tempo.

Para publicar seu livro, você tem duas opções:

Publicar com uma editora. Você provavelmente terá mais divulgação e vendas, mas a porcentagem será de 8 a 15% do preço do livro.

Publicar na Internet. Você com certeza venderá menos, mas em troca poderá obter 70% do preço de venda.

A opção mais popular é publicar automaticamente um livro como um e-book na Amazon. Quase metade dos livros mais vendidos no site são publicados pelo próprio autor. Você só precisa se inscrever no serviço de publicação direta do Kindle  para fazer isso.

Você também pode publicar no formato de impressão. Nesse caso, você tem várias opções:

Convença uma pequena editora

Pague uma gráfica para fazer uma impressão

Use um serviço de impressão por encomenda, onde o livro é impresso somente no momento em que alguém faz o pedido, evitando os custos de impressão de uma edição e armazenamento do estoque.

O sucesso do seu livro dependerá de muitos fatores: o tema, o título, as críticas dos leitores e, claro, da qualidade. No entanto, depois de publicado, você não precisa se preocupar com mais nada.

Totalmente passivo (pode gerar renda por muitos anos) se o assunto não expirar, sem custo associado, além do seu tempo. Qualquer um pode realmente escrever um livro e vai custar alcançar as primeiras vendas e a renda, a menos que você crie um best-seller, pode ser razoável.

Crie um canal no YouTube

Criar um canal do YouTube e publicar vídeos permitirá que você ganhe dinheiro passivo com publicidade à medida que obtém visualizações. No entanto, se você realmente deseja ganhar uma quantia significativa de dinheiro, precisará gastar tempo.

A maioria dos Youtubers profissionais dedica horas de trabalho inteiras ao canal.  Embora alguns youtubers faturem milhões por ano, você poderá contar com seus ganhos nos dedos.

Em média, a publicidade do YouTube paga entre R$ 0,80 centavos e R$15,00 por cada 1.000 visualização de vídeo. Como no caso do Adsense, esse número depende do tema do canal.

Nos canais sobre curiosidades ou videogames, é menor, enquanto os canais sobre temas financeiros geralmente pagam mais pela visualização.

Vamos fazer um cálculo. Imagine que você conseguiu aumentar seu canal para 100.000 inscritos, uma cifra muito interessante. Se toda semana você enviar um vídeo que atinja 75.000 visualizações e o YouTube pagar R$ 1 real por cada 1.000 visualizações, sua renda será de aproximadamente 300 reais por mês.

Isso significa que, para ganhar um salário, você precisa publicar vídeos regularmente. É por isso que não é um sistema muito passivo (exceto para vídeos virais ou com milhares de pesquisas diárias).

Além da publicidade, existem outras maneiras de gerar receita com um canal do YouTube:

Faça acordos com empresas para patrocinar ou anunciar em seus vídeos

Venda merchandising personalizado, como camisetas e bonés, com o logotipo do seu canal.

O YouTube é o segundo maior mecanismo de pesquisa e está crescendo. Ainda existe relativamente pouca concorrência, o investimento é muito baixo você só precisa de uma câmera e micro. Pouco passivo, se você deseja gerar renda significativa, porém nada impede que você construa uma audiência com tempo e alcance maiores valores.

Leave a Reply