Mix de marketing? 4 Ps? 7 Ps? O que é?

O marketing encontra e cuida das necessidades das pessoas, proporcionando lucro e cuidando do gerenciamento de produtos, marcas e clientes. Ele é cada vez mais essencial para conseguir alcançar os consumidores, mesmo com as mudanças contínuas. Saiba mais sobre o Mix de Marketing:

O que é Mix de Marketing?

O Mix de Marketing é a reunião dos elementos que fazem parte das ações de marketing, e que ajudam a criar o desejo de comprar nos potenciais clientes, por meio de uma estrutura que é de acordo com o perfil da empresa e do público-alvo.

Trata-se de conceitos de marketing para levar as pessoas o desejo de comprar, como planejar e colocar em prática as estratégias de marketing. O termo Mix de Marketing resume as atividades do marketing que envolvem estratégias direcionadas ao objetivo.

O Mix de Marketing ainda é atual, conseguindo se adaptar às mudanças e às necessidades, e divido em “4 Ps” que agem conforme o objetivo da empresa.

Quais são os 4Ps do marketing?

Mix de Marketing

Os 4Ps indicam os 4 elementos básicos para qualquer estratégia de marketing: Produto, Preço, Promoção e Praça. Quando eles estão em equilíbrio, conseguem influenciar e arrebatar o público-alvo, levando ao sucesso.

P – Produto

O que diferencia um produto de sucesso de vendas de um outro que é um fracasso, é a qualidade. Não vale a pena gastar no desenvolvimento de um produto que é de boa qualidade, mas que já se encontra no mercado, e pelo qual ninguém possui interesse. Sem o interesse, o produto já não oferece a resolução que o público espera.

Um elemento importante é o ciclo de vida de um produto, que precisa ser analisado para entender como ele age dentro do mercado. Ao compreender o ciclo de vida do produto, dá para determinar o momento em que o produto está e descobrir as ações que são mais eficazes a serem adotadas futuramente.

As etapas do ciclo de vida de um produto são:

A plantação a semente, que é a sua criação;

A germinação, que representa o seu desenvolvimento;

A produção de folhas, galhos e fortalecimento de raiz, que é o seu amadurecimento; e

O enfraquecimento e morte, que é sua redução.

P – Preço

O preço é um ponto importante, porque ele vai ajudar na construção do relacionamento entre a marca e seus consumidores, e permitir o aumento dos lucros. Ele é que vai ajudar o público a desenvolver a sua opinião sobre o produto.

Os produtos que possuem preços muito baixos passam a ideia de que o produto não é de qualidade. Mas produtos com altos preços podem levar a queda no volume de vendas.

É preciso ter equilíbrio, com um preço dentro da média, que passe a ideia de boa qualidade para conseguir um bom posicionamento no mercado. Na hora de definir o preço do produto, é importante considerar os custos da produção, as estratégias para o posicionamento e o valor que as pessoas vêm o produto.

P – Promoção

A promoção não é todo o marketing em si, mas, sim, uma parte do Mix de Marketing. Na promoção inclui-se os esforços para promover produtos, serviços, marcas e negócios, chamando a atenção dos clientes certos para obter as vendas.

A promoção leva ao reconhecimento da marca, sendo constituída:

Da publicidade que expõe o produto, sem a necessidade de recursos financeiros, usando eventos, patrocínios, etc.;

Da propaganda que faz a promoção do produto, por mídias online e offline, por meio pago;

Do marketing direto que possui o foco em um público-alvo que já tem interesse no produto;

Da promoção de vendas que estimula as vendas, por meio de concursos, amostras, cupons de desconto, etc.;

Das vendas diretas que é a que ocorre pelo contato direto com o cliente.

Uma forma de divulgação e promoção que sempre está em alta é a indicação dos clientes satisfeitos por meio do “boa a boca”. Muitas marcas vão aderindo cada vez mais a esse método para um contato direto com o público-alvo, de uma forma mais próxima.

Para fazer isso, ampliam-se o poder da indicação, com a divulgação pelos influenciadores digitais, que são formadores de opinião. Essa forma de promoção é fundamental para o Mix de Marketing, porque os consumidores tendem a confiar mais na indicação dessas pessoas.

No momento atual, marcas e empresas são compelidas a marcarem sua presença dentro das mídias digitais, para assegurar a comunicação com o público-alvo online.

P – Praça

Praça é a separação do produto, seja em uma loja física ou online, está relacionada com a maneira como o público pode alcançar o produto e a forma de ter suporte e informações.

Outro elemento fundamental para decisão de realizar uma compra ou não do produto, é sua localização. Isso torna, ainda, mais importante que seja feita uma pesquisa, para descobrir o local em que o público-alvo espera achar o produto. Várias compras são realizadas através dos mecanismos de buscas, como o Google.

Mas, apesar de vários consumidores já pesquisarem e fazerem compras na internet, ainda há alguns que gostam mais de ir até uma loja física, para conseguirem o que procuram.

Mix de marketing 7Ps

Mix de Marketing

A partir da década de 1980 começaram algumas mudanças no Mix de Marketing, e surgiram mais 3 elementos que antecipam o 4Ps, totalizando 7Ps: Pessoas, Processos e Prova física.

P – Pessoas

O marketing está ligado às emoções das pessoas, sendo que o fundamental para o sucesso, são as pessoas. Por isso, é importante um envolvimento mais emocional para melhorar a experiência com o produto.

Dessa forma, a gestão de pessoas é um elemento essencial para o sucesso de um negócio, podendo estabelecer um diferencial entre os concorrentes, oferecendo algo melhor.

P – Processos

Trata-se da experiência do cliente com a compra do produto, que, também, pode ser um grande diferencial com a relação á qualidade do serviço oferecido. Mas, para tudo isso, os processos devem estar adequados ao que é prometido em relação ao produto.

Eles devem ser documentados e colocados em um local de fácil acesso.

P – Prova física

A prova física está relacionada com elementos, como o design, as cores, etc., ou seja, o local onde o produto é entregue e comercializado (lojas físicas e design do blog). Ela influencia na experiência do consumidor durante e depois da compra.

Ampliando para 4 Cs

Mix de Marketing

Com o surgimento da internet, aumentou o poder da influência da opinião compartilhada e as formas de comunicação. Para conseguir criar uma boa estratégia de marketing ainda precisa do desenvolvimento com o Mix de Marketing, que cuida de todos os 7Ps. Porém, ainda assim, os 4Ps do Mix de Marketing continuam como os que foram criados na década de 1960.

Nesse contexto, ocorreu uma evolução que deu origem aos 4Cs: Cliente, Comunicação, Custo e Conveniência.

C – Cliente

Não adianta começar a desenvolver uma solução, antes de conhecer muito bem a persona do público-alvo. É necessário que, primeiro, sejam identificados os problemas, medos, desejos, etc., da persona, para depois poder oferecer a solução, por meio do produto que vai proporcionar aquilo que ela precisa.

Para obter sucesso, deve ser realizado um estudo para conhecer os potenciais clientes que deve alcançar, para descobrir a melhor forma de ajudar e ajudar com a solução.

C – Comunicação

A comunicação precisa ser persuasiva e ter um caráter manipulador, sem ficar com o foco só na venda, devendo entregar informações e ajuda. Quando se mantém uma boa comunicação com o público-alvo, fica mais fácil criar produtos alinhados ao que eles necessitam.

O marketing de conteúdo é a melhor forma para estabelecer a comunicação com a audiência. É importante agregar valor às pessoas, de forma gratuita, com o uso de um conteúdo informativo e/ou por meio de conteúdo para entretenimento.

Essa forma de comunicação ajuda a criar uma ligação de confiança com o público-alvo. Com a confiança das pessoas, aumenta a propensão em comprar, sem precisar de grandes investimentos de quem oferece o produto.

C – Custo

O custo não fica somente no preço de um produto, sendo necessário pensar no custo de oportunidade. Para descobrir o custo de oportunidade do produto, é só fazer uma comparação com o que o cliente vai investir para ter em troca o que o seu produto pode proporcionar.

Também, é necessário avaliar o que o cliente vai gastar com a internet, transporte, estacionamento, tempo, etc.

C – Conveniência

Refere-se a pronta-entrega e ao fácil acesso ao produto, para qual é necessário manter um estoque, e que o produto esteja disponível em vários locais se for um produto físico.

Em relação aos infoprodutos, a conveniência está presente na hora em que a compra é aprovada e o cliente pode ter acesso ao produto que é vendido imediatamente. O cliente não terá que aguardar vários dias para que o seu produto seja entregue em casa, nem sair para uma loja física para comprar.

Tanto nos físicos quanto nos digitais, é preciso identificar em que lugar o público-alvo normalmente faz as suas compras, mas também o modo como ele gosta de comprar.

Compreendendo todos esses elementos dos 4Ps e extensões dos Cs, é possível criar soluções para atrair clientes e ter lucro.

Leave a Reply